Destinos

Conselheiro Lafaiete

Lava-Pés

Nos antigos tempos de Queluz, os fazendeiros ricos tinham, além da fazenda, uma casa na cidade. Na época das festividades religiosas, as famílias vinham da roça em carruagens, liteiras e até em carros de boi, conforme as posses.


Mas havia aquelas pessoas mais pobres que vinham a pé, percorrendo várias léguas por caminhos empoeirados ou lamacentos. Estes, quando vinham de Itaverava, Santana dos Montes e de outros lugares da mesma região, ao chegarem à parte de depressão no terreno na Rua Francisco Lobo faziam uma parada porque o caminho era atravessado por um riacho, hoje encoberto. Ali lavavam os pés antes de vir para a cidade. É por isso que o bairro recebeu o nome de Lava-Pés, que era mantido até décadas atrás.


Fonte: Almanaque do Comércio 2010 - Conselheiro Lafaiete Sindcomércio

Enviar link