Destinos

Conselheiro Lafaiete

Assombrações na Quaresma

A antiga Queluz era cheia de lendas na época da Quaresma: mulas sem cabeça, lobisomem, espíritos soltos ou maus. Tudo fazia medo à população, principalmente nas noites de sexta-feira.


Como a cidade não possuía iluminação pública, as ruas eram escuras. O ambiente concorria para atemorizar o povo, cheio de crendices. A Capela do Carmo, a Porteira de Ferro (no caminho para o Morro da Mina) e até o adro da Matriz tinham fama de mal-assombrados.


Fonte: Antônio Perdigão

Enviar link