Destinos

Congonhas

Petição inicial de Feliciano Mendes

Petição inicial de Feliciano Mendes a Dom Frei Mnauel da Cruz


“Ex.mo e Rev.mo Snr. (P. Petição de Ermida. Mariana, Maio de 1757).


Diz Feliciano Mendes, morador na freguesia das Congonhas do Campo, onde chamam Maranhão, que, por causa do seu zelo, tem posto em muitos lugares e caminhos daquelas vizinhanças, algumas insígnias do Estandarte de nossa Redenção, para o fim dos fiéis venerarem a Santa Cruz; e pela mesma razão e pela grande devoção que tem à Santíssima Imagem do Senhor de Matosinhos, o suplicante, com outros devotos, em o mesmo lugar, em campo realengo, pretendiam  fazer um nicho ou capelinha de alvenaria, com toda a decência, e nela colocar uma Santa Imagem em volta do mesmo Senhor, para os mesmos fiéis venerarem, e, diante dela, rezar quarta-feira em sua honra, e devotos, o têrço de N. Senhora e mais devoção; depois das quais, para maior decência, se fechar com uma porta de grades. Como não pode o suplicante, e demais fiéis, conseguir o referido sem licença de Vossa Ex.ma Rev.ma Paternidade, a V. Ex.cia Rev.ma, pelas chagas do mesmo Senhor, se digne conceder licença para, no dito lugar, se poder colocar o sobredito Senhor, fazendo-se para esse efeito o dito nicho ou capelinha, visto as justas honras e santo fim a que se encaminha E.R.M.”


In. FALCÃO, Edgar de Cerqueira. A Basílica do Senhor Bom Jesus de Congonhas do Campo. Vol III, pág. 164

Enviar link