Destinos

Divinópolis

Hino de Divinópolis

I
Das terras do Oeste, princesa altarneira,             
Cidade-oficina, de filhos leais,                           
És tú Divinópolis, bem brasileira                        
Parcela fecunda de Minas Gerais.


Estribilho
Cidade-esperança, tu sonhas e anseias                      
Por lindo futuro de veraz grandeza,                            
Em que colhas tudo o que hoje semeias
Com os olhos em alvo na tua realeza.


II
Sadio é o civismo que anima tua gente                         
Afeita ao trabalho, à conquista do pão.                        
E o Itapecerica, em sua gleba virente,                         
Deriva em murmúrio que é quase oração.


III
Fazendo da fé e da fraternidade                            
Um hino sonoro que só paz ensina,                       
Do céu foi que veio teu nome, cidade,                   
Crismando-te ao berço: Cidade-Divina.

_________
A primeira estrofe trata da localização do município, no contexto
histórico de Minas Gerais.


O estribilho, dos sonhos de progresso e da esperança de um
futuro promissor.


A segunda, da personalidade do povo divinopolitano e do rio
Itapecerica, onde se formou.


A terceira, do espírito religioso e da origem do nome de
Divinópolis, a cidade do Divino.

 

 


 

 

Enviar link