Destinos

Brumadinho

Distrito de Piedade do Paraopeba

© Vinícius Horta Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta Matriz N. Senhora da Piedade

A religiosidade é uma das tradições no município de Brumadinho e o seu histórico distrito de Piedade do Paraopeba tornou-se um centro de romaria para devotos a Nossa Senhora da Piedade.


A vila setecentista é um dos povoados mais antigos de Minas. Está ao pé da Serra da Moeda, cercada de uma natureza bela e generosa. Formou-se em decorrência de bandeiras que cruzaram o Vale do Rio Paraopeba em busca de metais preciosos e da sonhada Serra das Esmeraldas - esmeraldas que nunca foram encontrados.


Piedade do Paraopeba é um recanto tranqüilo de Brumadinho. A Praça da Matriz, uma rua principal e algumas ruelas perpendiculares formam o pequeno e modesto vilarejo, apropriado aos que buscam descanso em lugares assim.A Matriz que data de 1713, é cercada por jardins e conserva os seus três retábulo de madeira entalhada e imagens policromadas. Pelas sucessivas reformas que recebeu, as pinturas originais do forro, dos retábulos e das imagens requerem restauração.


Alguns casarões coloniais de fachada ainda original testemunham parte de sua memória histórica. Há também uma pequena capela, da mesma época da Matriz, dedicada a Nossa Senhora do Rosário, provavelmente de origem na confraria dos escravos do lugar. Mesmo tendo perdido suas características setecentistas, a capela ainda conserva os acessos e parte dos muros em pedra que a cercam. É ali que ocorrem, em outubro, os festejos do Reinado de Nossa Senhora do Rosário.


Escola, posto de saúde, casa paroquial, restaurantes de comida caseira e um pequeno comércio complementam Piedade. Mas é a imponência da Matriz que confere uma sensível atmosfera religiosa à Vila, tornando-a apropriada às reflexões, meditações, orações e agradecimentos dos devotos por graças alcançadas ou por pedidos à Mãe Piedade.


O Povo
Gente simples e acolhedora, uma parte dedica-se à extração do minério de ferro, outra cultiva frutas, mantém criações e produz alimentos e bebidas, e há os que modelam peças em cerâmicas, confeccionam tapetes, bordam, fazem tricô e outros trabalhos manuais. Nos festejos religiosos, montam barraquinhas e vendem quitandas, caldos, salgados, doces e bebidas.


Os arredores de Piedade de Paraopeba
Piedade do Paraopeba é um lugar privilegiado pela beleza cênica da Serra da Moeda. Quem ali vai por motivos religiosos pode fazer alguns passeios pelas redondezas. Existem mirantes, fazendas, sítios históricos, pesqueiros, viveiros, outros restaurantes e pousadas.


O Parque Estadual da Serra do Rola Moça está próximo. Basta seguir no sentido Casa Branca e subir a serra. Os mirantes naturais valem o passeio. Casa Branca oferece opções de hospedagem e alimentação.


No sentido Condomínio Retiro do Chalé também existem opções de restaurantes e pousadas.


Para quem está na região com mais tempo, há um passeio imperdível: o Inhotin Centro de Arte Contemporânea, com seus maravilhosos jardins, lagos, aves, esculturas e pavilhões de arte. Inhotin fica no outro extremo de Brumadinho. Saindo de Piedade em direção à Sede, são 35 Km (por asfalto e estrada de terra), passando por Marques, Aranhas e Melo Franco.


Nossa Senhora da Piedade
A imagem de Nossa Senhora da Piedade é a representação de uma das dolorosas fases da vida de Maria Santíssima e corresponde à sexta das suas sete maiores dores, ou seja, o momento em que recebe o Filho Divino morto em seus braços, depois da crucificação.


Esta representação trabalhada por renomados artistas, ressalta a imagem de Nossa Senhora como um símbolo da maternidade, elevada à condição plena e universal. Reflete não só o sentimento de piedade, enquanto ato de amor e dor pelo sofrimento do Filho Jesus, mas de resignação, renúncia e submissão aos desígnios de Deus, ao entregar humildemente o seu próprio filho ao Pai para que viesse cumprir sua Missão em benefício da humanidade.


Em Piedade do Paraopeba, distrito de Brumadinho, a devoção a Nossa Senhora da Piedade remonta às primeiras décadas do século 18. A imagem original que ocupa o altar mor da atual Matriz, entalhada em madeira, foi adquirida em Portugal em 1731. Chegou ao antigo arraial em uma liteira e ocupou seu lugar de honra na singela capelinha que se transformaria mais tarde numa das imponentes edificações religiosas da arquitetura colonial mineira, das primeiras décadas do século 18.

Enviar link

© Vinícius Horta Brumadinho - Mosaico da Via das Dores - Vinícius Horta Mosaico da Via das Dores
© Vinícius Horta Brumadinho - Via das Sete Dores - Vinícius Horta Via das Sete Dores
© Vinícius Horta Brumadinho - Matriz Nossa Senhora da Piedade - Vinícius Horta Matriz Nossa Senhora da Piedade
© Vinícius Horta Brumadinho - Matriz  N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta Matriz N. Senhora da Piedade
© Vinícius Horta Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta Matriz N. Senhora da Piedade
© Vinícius Horta Brumadinho - Capela N. Senhora do Rosário - Vinícius Horta Capela N. Senhora do Rosário
© Vinícius Horta Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta Matriz N. Senhora da Piedade
© Vinícius Horta Brumadinho - Nossa Senhora da Piedade - Vinícius Horta Nossa Senhora da Piedade
© Vinícius Horta Brumadinho - Retábulo-mor Matriz N. Sra. da Piedade - Vinícius Horta Retábulo-mor Matriz N. Sra. da Piedade