Destinos

Belo Horizonte

Senac
  • Logo Senac Minas
  •  
  • Hotel Grogotó
  • unidade

Mário de Andrade

'Belo Horizonte é hoje uma cidade intensamente humana, sem ar exclusivo de festa, onde a vida se processa sem preparos especiais; tristezas e alegrias, dores e aventuras se misturam, nessa fraternidade esquecida com que cada qual disputa o seu destino. Hoje o forasteiro não 'vê' mais Belo Horizonte, porque a vive. A cidade não é mais um problema de urbanização forçada, que atrai nossa curiosidade e nossa crítica.'


O bloco fantasiado de histórias de histórias minerais
Move-se na avenida de seis renques de árvores...
O sol explode em fogaréus...
O dia é frio sem nuvens, de brilhos vidrilhos...
Não é dia! Não tem sol explondindo no céu!
É o delírio noturno de Belo Horizonte...
Não nos esqueçamos da cor local:
Itacolomi...Diário de Minas...Bonde do Calafate...
E o silêncio...sio...sio...Quirirí...
Os seres e as coisas se aplainam no sono.
Três horas.
A cidade oblíqua
Depois de dançar os trabalhos do dia
Faz muito que dormiu. 


Mário de Andrade

Enviar link