Destinos

Belo Horizonte

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  
  • unidade

Casa Kubitschek

© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Interior da Casa Kubitschek

O lugar que Juscelino Kubitschek costumava passar seus fins de semana em Belo Horizonte se tornou o museu que abriga preciosidades das áureas décadas de 1940 e 1950.


A casa passou por um amplo processo de restauração e reconceituação e reabre suas portas para contar a história de uma residência modernista, por meio de espacializações, objetos e estímulos sensoriais. Aqui será possível vivenciar os modos de habitar dos anos 1940 a 1960. Um período singular para a consolidação do pensamento modernista em Minas Gerais e suas manifestações na arquitetura, no urbanismo, no paisagismo e nas artes, com destaque para importantes personagens no período.


História e fotografias, vídeos e instalações alusivas à época. A referência à memória de habitantes como Juscelino Kubitschek e, mais recentemente, os amigos Juracy e Joubert Guerra, também integram a proposta curatorial. Há, ainda, a citação de artistas que deixaram marcas naquela arquitetura, como Volpi e Paulo Werneck.


As características da Casa Kubitschek são parte do que torna a Pampulha tão singular. O projeto foi feito em 1943, por Oscar Niemeyer (1907-2012), para a construção de uma residência de fim de semana para o então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek (1902-1976). Seu telhado, em forma de borboleta, e planos inclinados são detalhes típicos da arquitetura brasileira do modernismo.


Os jardins, que adornam a frente da casa, são assinados pelo paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994) e foram totalmente recuperados.


Pampulha: território da modernidade
A mostra está instalada no andar térreo e trás um viés mais historiográfico. Inicialmente, contextualiza as várias "Pampulhas" no tempo e no espaço. Em seguida, recupera a "Era Kubitschek em BH" e o momento de inauguração do complexo arquitetônico, em 16 de maio de 1943, materializando os anseios desenvolvimentistas e modernizadores de JK. A mostra se completa com as reminiscências, quando lá ainda existia o Arraial de Santo Antônio da Pampulha Velha, em fins do século 19, na margem, direita da atual Avenida Antônio Carlos. Após a construção da capital, imigrantes que não possuíam condições para se estabeleceram na zona urbana lá se fixaram como moradores. Coube ao casal de portugueses, Manoel e Ana Moraes dos Reis, em 1904, fundar a Fazenda Pampulha, dando nome à região.


Curadoria Casa Kubitschek - Denise Bahia e Mariana Brandão
Curadoria Pampulha: território da modernidade - Luana Maia


A Casa Kubitschek integra o Conjunto arquitetônico e paisagístico da Pampulha que é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico Nacional - Iphan
Registrado no Livro Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico
Inscrição: 115
15 dezembro de 1997


Registrado no Livro de Belas Artes
Inscrição: 609
Data:15 dezembro 1997

Registrado no Livro Histórico
Inscrição: 545
Data:15 dezembro 1997


Tombada pelo Prefeitura de Belo Horizonte
2003


Tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico - IEPHA
Em 30 de junho de 2009


Localização: avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188 - orla da Lagoa da Pampulha - telefone: 3277-1586 / 3277-7993
ck.fmc@pbh.gov.br

Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 17h


Fonte: Folder Casa Kubitschek - Fundação Municipal de Cultura - Prefeitura de Belo Horizonte

 

© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Informativo Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Informativo Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Sinalização Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Sinalização Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Jardins da Casa Kubitscheck - Maria Lucia Dornas Jardins da Casa Kubitscheck
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Jardins da Casa Kubitscheck - Maria Lucia Dornas Jardins da Casa Kubitscheck
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Interior da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Painel na varanda da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Painel na varanda da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Tela de Volpi - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Tela de Volpi - Interior da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Interior da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Interior da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Interior da Casa Kubitschek - Maria Lucia Dornas Interior da Casa Kubitschek
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Juscelino Kubitschek de Oliveira - Maria Lucia Dornas Juscelino Kubitschek de Oliveira
© Maria Lucia Dornas Belo Horizonte - Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira - Maria Lucia Dornas Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira