Destinos

Conselheiro Lafaiete

Fonte Grande

Durante o século passado até o início do atual, havia na cidade sete fontes: Fonte Grande, Fonte do Santo Antônio, Fonte Canuto, Fonte do Carmo, Fontinya, Fonte da Olaria e Fonte do Prado.


Com a instalação do serviço de água portável no centro urbano e a ocupação imobiliária, essas fontes públicas foram pouco a pouco desaparecendo. Uma, porém, resistiu até hoje, a Fonte Grande, localizada no bairro que tem sua denominação.


Sua nascente está justamente na parte mais baixa do morro que dá para o Rosário, em uma depressão do terreno, onde os moradores colocaram bicas de bambus, nas quais apanhavam água e também lavavam roupas.


Em 1861, o presidente da Câmara Municipal da Vila de Queluz, barão de Suassuí, e o capitão José Inácio Gomes Barbosa construíram uma fonte de alvenaria com as bicas de ferro. Essa primitiva fonte conservou seu estilo original até o dia 7 de setembro de 1977, quando foram feitas obras que modernizaram o local.


A obra foi planejada e executada por Gil Simões Martins e apoiada pelo prefeito municipal, que pôde entregar à população uma obra de grande valor e funcionalidade, já que a água canalizada foi aproveitada e largamente usada pelos moradores do bairro Fonte Grande.


Fonte: Acervo do Patrimônio Histórico Cultural de Conselheiro Lafaiete

Enviar link