Destinos

Conceição do Mato Dentro

Chafariz da Praça Dom Joaquim

  • Conceição do Mato Dentro - Chafariz da Praça - Maria Lucia Dornas
  • Conceição do Mato Dentro - Chafariz da Praça - Maria Lucia Dornas
  • Conceição do Mato Dentro - Chafariz da Praça - Maria Lucia Dornas
  • Conceição do Mato Dentro - Chafariz da Praça - Maria Lucia Dornas
  • Conceição do Mato Dentro - Chafariz da Praça - Maria Lucia Dornas

Um dos mais originais chafarizes de Minas Gerais foi inaugurado no dia 22 de abril de 1825. O cônego Bento Alves Gondim e o comendador Joaquim Bento Ferreira Carneiro foram os financiadores de sua construção. No local existia um velho pelourinho, datado de 1719.

 

No chafariz em pedra-sabão, lê-se a inscrição "quarto ano da Independência e do Império abril 1825". O responsável pelo projeto e pela execução foi o mestre José Caetano; já as obras de assentamento e canalização ficaram sob a responsabilidade de Carlos José da Silva.

 

As peças decorativas do chafariz são figuras de homens nus escancarando a boca com as mãos; por essas bocas, as águas jorram. Finalizando, no topo do pedestal está a figura de um índio de saiote, com uma capa até os pés, usando brincos de argola e cocar de penas.

 

O chafariz é tombado pelo Instituto Nacional do Patrimônio Artístico Nacional (IPHAN).

 

Registrado no Livro Belas Artes. Inscrição 454. 9 de março de 1960.

 

 

Enviar link