Destinos

Belo Horizonte

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  
  • unidade

Arquivo Público Mineiro

  • Belo Horizonte - Arquivo Público Mineiro - Maria Lucia Dornas
  • Belo Horizonte - Arquivo Público Mineiro - Maria Lucia Dornas
  • Belo Horizonte - Arquivo Público Mineiro - Maria Lucia Dornas
  • Belo Horizonte - Arquivo Público Mineiro - Maria Lucia Dornas

A memória do Estado de Minas Gerais está muito bem preservada em uma expressiva construção eclética que faz parte do conjunto urbano da Praça da Liberdade.


A história do Arquivo Público Mineiro começou em Ouro Preto, no ano de 1895, quando foi fundado por José Pedro Xavier da Veiga, com o objetivo de ser um centro de estudos para a história mineira. Em 1901, foi transferido para Belo Horizonte e, em 1938, é instalado definitivamente no prédio da avenida João Pinheiro.


Segundo a Lei nº 126, de 11 de julho de 1895, o Arquivo Público ficava encarregado de receber e conservar todos os documentos concernentes ao direito público, à legislação, à administração, à história e à geografia, às manifestações do movimento científico, literário e artístico do Estado de Minas Gerais. 


Hoje, “o Arquivo Público Mineiro é uma unidade da Secretaria de Estado de Cultura  e tem por finalidade executar a gestão, o recolhimento, a guarda, a preservação e acesso ao acervo arquivístico da Administração Pública Estadual e dos documentos privados de interesse público. (Lei nº 11.726 , 30 de dezembro de 1994). ”


O Acervo   


Sob a custódia do Arquivo Público estão:


- cerca de 1,4 Km de documentos textuais;


- 65.000 fotografias;


- 1.300 mapas e plantas; e


- 400 filmes de origem pública e privada.


 Toda essa documentação abrange os períodos colonial, imperial e parte do republicano.


 Uma biblioteca especializada em História de Minas Gerais e arquivologia, com aproximadamente 10.576 títulos, entre livros, atlas, folhetos e periódicos, também faz parte do acervo. 


Acesso aos documentos

O acesso aos documentos sob custódia do APM ou ao seu conteúdo é franqueado a todo e qualquer cidadão brasileiro ou estrangeiro. Pesquisadores ou interessados em consulta aos documentos são auxiliados por funcionários e por instrumentos de pesquisa como guias, inventários, catálogos, fichas, índices, base de dados e publicações. Dentro do possível, o atendimento também pode ser feito via fone ou correspondência. 


O Arquivo Público Mineiro oferece visitas individuais ou em grupos aos interessados em conhecer as dependências e processos técnicos.As vistas deverão ser previamente agendadas.


O Arquivo Público Mineiro é tombado pelo IEPHA.
Registrado na categoria de Bem Imóvel - 2ª Metade Século 19
Incrição: Decreto nº 16.983    Data: 07 de fevereiro de 1975.

Enviar link