Destinos

Santa Rita do Sapucaí

Apresentação

  • Santa Rita do Sapucaí - Santuário Arquidiocesano Santa Rita de Cássia - David  Kallas
  • Santa Rita do Sapucaí - Alto da Serra do Paredão - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Carnaval de Santa Rita do Sapucaí - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Escola de samba de Santa Rita do Sapucaí - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Museu Histórico Delfim Moreira - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Santa Rita do Sapucaí - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Público da festa de Santa Rita do Sapucaí - Acervo/Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí
  • Santa Rita do Sapucaí - Centro Empresarial - David  Kallas
  • Santa Rita do Sapucaí - Santuário Arquidiocesano Santa Rita de Cássia - David  Kallas
  • Santa Rita do Sapucaí - Vista parcial de Santa Rita do Sapucaí - David  Kallas
  • FAI - Faculdade de Administração e Informática - Assessoria de Comunicação - FAI
  • Santa Rita do Sapucaí - FAI - Faculdade de Administração e Informática - Assessoria de Comunicação - FAI
  • Santa Rita do Sapucaí - Centro de Integração Cultura. Científica e Tecnológica da INATEL - Divulgação/ASCOM-INATEL
  • Santa Rita do Sapucaí - Prédio Diretoria do Instituto Nacional de Telecomunicações - INATEL - Divulgação/ASCOM-INATEL
  • Santa Rita do Sapucaí - Escola Técnica de Eletrônica - ETE - Assessoria de Comunicação - ETE
  • Santa Rita do Sapucaí - Vista aérea da Escola Técnica de Eletrônica - ETE  - Assessoria de Comunicação - ETE

Santa Rita do Sapucaí é um dos principais polos de desenvolvimento tecnológico do Brasil. A cidade localizada no Sul de Minas é considerada o “Vale da Eletrônica” e é conhecida, em âmbito nacional e internacional, pela qualidade de seus produtos, que são exportados a diversos países. A maioria das empresas que atua no município é dos setores de eletrônica, telecomunicações e informática.


Com natureza exuberante, montanhas e vales que formam a Bacia do Sapucaí, a cidade é ideal para um passeio tranquilo e para o ecoturismo. Um exemplo é a erra do Paredão, que possui proteção integral para a preservação de ecossistemas naturais; o local também é utilizado para pesquisas e desenvolvimento de atividades educacionais. também é possível praticar voo livre, o que atrai pilotos de outras regiões e de países diversos.


A cidade não recebe somente visitas de turistas ou empreendedores. Durante o ano, um grande número de peregrinos visita o Santuário Arquidiocesano de Santa Rita de Cássia. O movimento aumenta no dia 22 de maio, dia da padroeira, que é comemorado com uma programação variada, como barracas de comidas típicas, leilão, festival de prêmios e shows.


Outro destaque na cidade são os seus filhos célebres, como o doutor Delfim Moreira da Costa, que foi presidente da República (1918-1919), cuja residência na cidade foi transformada em museu histórico, e o embaixador e o ministro da Justiça, doutor Olavo Bilac Pinto.


A história de Santa Rita do Sapucaí iniciou-se com a chegada do fazendeiro Manuel José da Fonseca e a esposa, Genoveva Maria Martins, e seus filhos, Antônio Manoel e Rita. Manuel trouxe de Portugal a imagem da Santa Rita de Cássia, da qual era devoto. Quando adoeceu gravemente, fez a promessa de doar a santa e uma parte de seu terreno para ser erguida uma capela, caso conseguisse se curar.


Recuperou a saúde e, junto com sua mulher, Genoveva, no dia 2 de maio de 1821, assinou o documento doando terras na paragem que se chamava Mosquito, próximo à barra do ribeirão do Mosquito no rio Sapucaí.


Pouco tempo depois, Manuel faleceu, e sua esposa, Genoveva, cumpriu a promessa e mandou construir a capela dedicada a Santa Rita de Cássia, onde foi colocada a imagem da Santa. No dia 22 de maio de 1825, foi celebrada a primeira missa.

 

"Formou-se o povoado, que cresceu com certa rapidez. Os aplicados da capela da capela de Santa Rita, no lugar chamado ‘Boa Vista do Sapucaí’, pediram e obtiveram de S. Majestade a provisão de 24 de março de 1826, que elevava a capela à condição de curato. O arraial era conhecido por Ribeirão do Mosquito; decidiram os moradores dar-lhe outra denominação: Santa Rita do Vintém (vintém nome de outro ribeirão vizinho) num documento datado de 30 de dezembro de 1844, existente no arquivo da Cúria de Pouso Alegre, lê-se a informação de que o Pe. Mariano Accioli, o capitão Brás FRZ. de Ribas e o Cap. Manuel Joaquim Pereira, por volta de 1826, resolveram adotar, para a nascente povoação, o nome de Santa Rita de Boa Vista.

 

[...] Com o nome de Santa Rita foi o curato elevado a freguesia pela Lei 138, de 3 de abril de 1839, desmembrada da de São Sebastião do Capituba... Prevalecia o nome de Santa Rita da Boa Vista, pois em 1880 a Lei 2673, de 30 de novembro, que transferiu a paróquia para o município de São Gonçalo do Sapucaí, determinou também a mudança do nome de Santa Rita da Boa Vista para Santa Rita do Sapucaí." (Dicionário Histórico Geográfico de Minas Gerais, Waldemar de Almeida Barbosa, 1995)

 

A freguesia foi elevada à categoria de Vila, com a criação do município, pela Lei nº 3.658, de 1º de setembro de 1888.


Em 1958, a benfeitora Luzia Rennó Moreira, conhecida como Dona Sinhá Moreira, fundou a primeira escola técnica de eletrônica, a Francisco Moreira da Costa. Posteriormente, foram criados o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) e a Faculdade de Administração e Informática (FAI).


O desenvolvimento de cursos tecnológicos gerou, além de mão de obra qualificada, a criação de empresas na cidade. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE), sua renda per capta atual é uma das mais altas do interior do país.


Entretanto, a economia da cidade não se baseia somente na eletrônica, já que também existem empresas de confecção, mecânica fina, artes gráficas, agropecuária, material de construção e um diversificado comércio.


Com um clima agradável e pessoas acolhedoras, Santa Rita do Sapucaí é uma cidade que, apesar do desenvolvimento, não deixa de lado os antigos costumes e a hospitalidade mineira.


Fonte: www.pmsrs.mg.gov.br

 

 

 

Enviar link

Região Turística
Sul de Minas
  • Prefeitura
  • praça Coronel Joaquim Neto, 333 - Centro
    CEP  37540-000
    35  3473-3200


    Site Oficial


    Prefeito
    Jefferson Gonçalves Mendes
    Vice-prefeito
    Wander Wilson Chaves

  • Cidades próximas:
  • Borda da Mata
  • Cachoeira de Minas
  • Careaçu
  • Itajubá
  • São Sebastião da Bela Vista