Destinos

Maria da Fé

Apresentação

A cidade mais fria de Minas recebe os visitantes com muito calor no coração. Comida da roça, moda de viola. Gente de bom coração. É muito fácil amar Maria da Fé. A paisagem é montanhosa, a vegetação tem predominância de pinheiros. Sua maior produção e força econômica é a batata, para semente ou consumo.


No final do século 18, no interior do território brasileiro, muitas terras foram ocupadas através do sistema de sesmarias. Uma delas denominada Campos se tornou uma das principais norteadoras dos movimentos de ocupação do sul de Minas.


Por volta de 1815, partes dessas terras ao serem subdivididas foram cedidas a José Rodrigues Braga e Maria da Fé de São Bernardo que casaram em 25 de fevereiro de 1778, em Itajubá Velho, atual Delfim Moreira. Este casal foi responsável pela instalação da "Fazenda Nova dos Campos" que no futuro seria a cidade de Maria da Fé.


Segundo registros orais, José Rodrigues Braga faleceu bem jovem e Dona Maria da Fé ficou responsável pela família e pelas terras, atividade pouco comum para as mulheres da época. Outros relatos existentes afirmam que Dona Maria da Fé, possuidora de um coração bondoso era inteligente, corajosa, enérgica e pioneira e já exercia muitas desses afazeres antes mesmo da morte do marido.


Ao redor da fazenda, foram surgindo casas de meeiros, negros forros e agregados. Assim, o núcleo formado pela fazenda e casas ficou conhecido por Campos de Maria da Fé.


Em meados do século 19, ocorrem outras divisões das terras entre os seus respectivos herdeiros que, acompanhadas das vindas de outras famílias, dinamizaram a localidade que passou a oferecer condições de estalagem aos tropeiros viajantes


No dia 27 de junho de 1859 foi criado o Distrito de Campos de Maria da Fé, Pela lei nº 998, de 27 de junho de 1859, foi criado o Distrito de Campos de Maria da Fé, pertencente a cidade de Cristina. Somente em 30 de agosto de 1911, criou-se o município de Maria da Fé.


Situada numa área estratégica de entrecruzamento de diversos caminhos e rotas Maria da Fé foi escolhida para sediar uma estação a Estrada de Ferro do Sapucay que mais tarde se tornou a Rede Mineira de Viação e atualmente extinta. As obras da linha férrea iniciaram-se em Campos de Maria da Fé no ano de 1890.


A estação ferroviária foi inaugurada no dia 27 de junho de 1891, com o nome de Maria da Fé, sugerido pelo Dr. Fausto Ferraz, em homenagem à fazendeira pioneira da região. A partir deste fato se deu o desenvolvimento da nova vila que surgia: a Vila de Campos de Maria da Fé.


Hoje, Maria da Fé tem uma grande vocação para o turismo rural e o ecoturismo devido ao ambiente acolhedor da região e das belas fazendas, a ótima gastronomia, às cachoeiras e matas e ao Pico da Bandeira, não confundir com o Pico da Bandeira localizado no Parque Nacional do Caparaó. A Fazenda Experimental da Epamig, com lago, vegetação exuberante e um viveiro de mudas variadas é mais uma atração turística do município.


Os eventos também já movimentam a cidade. Alguns, além de envolverem toda a comunidade, atraem turistas, a exemplo do Festival da Viola realizado em agosto, a Festa do Peão Boiadeiro e a Noite do Livro. Manifestações populares como a Folia de Reis, a Dança de São Gonçalo e a Catira mantêm vivas as ricas tradições de Maria da Fé. O artesanato, criativo e em franca evolução, encontrou na fibra das folhas da bananeira diferentes formas de proporcionar lindas lembranças utilitárias e ornamentais aos turistas. No que se refere à culinária, uma boa dica é experimentar o principal prato típico, a Canjiquinha, ensopado de farelo de milho engrossado com batata e costelinha.


A vantagem de Maria da Fé é que devido ao clima serrano, à hospitalidade do povo e à tranquilidade, a cidade é gostosa de visitar o ano inteiro. Para os amantes do inverno, melhor ainda nesta estação, quando as temperaturas caem bastante e estimulam um turismo diferente.


Fonte das informações históricas: Dr. Osvaldo Rennó Campos

 

Enviar link

Região Turística
Sul de Minas
  • Prefeitura
  • praça Getúlio Vargas, 60 - Centro
    CEP 37517-000
    35 3662-1463
    35 3662-1397

    Site Oficial


    Prefeito

    Adilson dos Santos
    Vice-prefeito
    João Batista Ferreira

  • Cidades próximas:
  • Caxambu
  • Itajubá
  • Lambari
  • Pouso Alegre
  • São Lourenço