Destinos

São João Batista do Glória

Apresentação

  • São João Batista do Glória - Lago de Furnas - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Lago de Furnas - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Lago de Furnas - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Lago de Furnas - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Lago de Furnas - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Parque Nacional da Serra da Canastra - Ivan Pinto da Paixão
  • São João Batista do Glória - Flor silvestre - Parque Nacional da Serra da Canastra - Ivan Pinto da Paixão

São João Batista do Glória, conhecida popularmente como "Glória", é famosa por ser a "Cidade das Cachoeiras". O município, localizado entre as extremidades das represas de Peixoto e Furnas, tem como atrativo, além da beleza de suas cachoeiras, lindas paisagens naturais, trilhas, sítios arqueológicos com pinturas rupestres e ainda uma variedade de lugares para a prática de esportes radicais.


Os primeiros habitantes da região foram os índios, principalmente do grande grupo dos caiapós. Mas, na época dos primeiros assentamentos, já não mais existiam, ficando como registro de sua presença somente alguns fragmentos de artefatos de cerâmicas e pedras encontrados na região. O local somente começou a ser povoado em meados do século 18, a partir de 1771, com a doação de uma sesmaria chamada "Sítio da Babilônia", pertencente a D. Leonor Luisa de Portugal, e da sesmaria do "Sítio do Glória", que tinha como donatário D. Josefa Fideli Molina.


Contudo, não se tem registro da presença dessas pessoas na região. O mais provável é que tenham vindo parentes, capatazes e escravos para suas terras. Os primeiros habitantes se fixaram na região à procura de ouro, de fácil extração, por ser do tipo de aluvião e de cascalho. Graças à existência de inúmeros córregos, rios e ribeirões, a terra se tornou um atrativo para a criação de gado e o cultivo da lavoura e, consequentemente, a formação das primeiras fazendas.


Segundo o autor Waldemar de Almeida Barbosa, em seu livro Dicionário Histórico-Geográfico de Minas Gerais, João Ferreira da Silva, José Joaquim Galarte, capitão João José de Souza e capitão Antônio José de Faria são os fundadores do povoado de São João Batista do Glória. Ao seu redor, foi construída por todos eles a capela dedicada a São João Batista, hoje, padroeiro da cidade.


Em visita pastoral a Piumhi, José da Santíssima Trindade concedeu a licença para a construção da capela São João Batista do Glória. O povoado, situado na paróquia de Piumhi, município de Formiga, foi elevado a distrito, pela Resolução da Câmara, com o nome de São João do Glória, em 30 de novembro de 1842. Em 4 de julho de 1857, foi elevado à paróquia. Ainda com o nome de São João do Glória, foi transferido para o município de Passos, em 30 de agosto de 1911. Pouco tempo depois é que passou a usar o nome de São João Batista do Glória. O distrito foi transferido para o município de Delfinópolis, em 1938, ano da criação da cidade. Anos mais tarde, São João Batista do Glória foi novamente transferido para Passos. E, por fim, em 27 de dezembro de 1948, por meio da Lei n° 336, São João Batista do Glória foi elevado a município.


O dia 28 de março de 2010 entrou para a história de São João Batista do Glória. Nessa data, foi realizada a inauguração da Ponte da Integração Deputado Tristão da Cunha. O nome é em homenagem ao avô paterno do ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves. A ponte está entre as 12 maiores do Estado e foi construída para substituir a travessia que era feita por duas balsas entre Glória e Passos. A tão sonhada obra esperada pela população dos dois municípios é a realização de anos de espera e coloca na memória muitas histórias das longas travessias.

Enviar link

Região Turística
Sul de Minas
  • Prefeitura
  • praça Belo Horizonte, 22 - Centro
    35  3524-1211


    Site Oficial


    Prefeita
    Aparecida Nilva dos Santos
    Vice-prefeito
    Anderson Augusto de Souza

  • Cidades próximas:
  • Delfinópolis
  • Fortaleza de Minas
  • Itaú de Minas
  • Passos
  • São José da Barra
  • São Sebastião do Paraiso