Destinos

Passos

Apresentação

  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Porto Fluvial - Acervo/Prefeitura de Passos
  • Passos - Igreja Matriz - Acervo/Prefeitura de Passos
  • Passos - Lago de Furnas - Henry Yu
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Capela Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Placa Comemorativa - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Ladrilho Hidráulico - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Detalhe Arco Cruzeiro - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Detalhe Coroamento Retábulo - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Forro da Nave - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Tribunas da Nave - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Coroamento do Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Coroamento do Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Detalhe Decorativo - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Detalhe Decorativo - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Sacrário - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Coroamento do Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Mesa do Altar - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Retábulo Mor - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Jardim Capela N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Jardim Capela N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Jardim Capela N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Jardim Capela N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Jardim Capela N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Pia Batismal - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Placa Comemorativa - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Altar Santuário N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Altar Santuário N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Altar Santuário N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Decoração Arquitetura Eclética - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Fórum - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Escola Municipal - Maria Lucia Dornas
  • Passos - I. Matriz Bom Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - I. Matriz Bom Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Dec. I. Matriz B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Dec. I. Matriz B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Int. I. Matriz B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Int. I. Matriz B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Forro I. Matriz. B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Forro I. Matriz. B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Tapa Vento I. Mat. B. Jesus dos Passos - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Placa Comemorativa - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Praça Geraldo Silva Maia - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Praça Geraldo Silva Maia - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Praça Geraldo Silva Maia - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Praça Geraldo Silva Maia - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Praça Geraldo Silva Maia - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Vitral Sant. N. Sra. da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Santuário Nossa Senhora da Penha - Maria Lucia Dornas
  • Passos - Ponte Passos - S. J. B. do Glória - Maria Lucia Dornas

Rica em recursos hídricos, com o rio Grande como divisa de limites e muito próximo do lago de Furnas, Passos é cidade-pólo do Sudoeste mineiro e portal do Circuito Turístico Nascente das Gerais. O município é centro político-administrativo por sediar órgãos do governo estadual e representações de órgãos e entidades federais. Passos é referência em educação graças ao campus FESP/UEMG e aos diversos cursos técnicos, que atraem alunos de Minas Gerais e dos Estados vizinhos e que dão à cidade um ar de jovialidade.


“Sertões de Jacuhy” ou “Cercanias de Jacuí” – assim era conhecida a região de Passos nos meados do século 18. Com o empobrecimento das áreas mineradoras, novas áreas da Capitania passaram a ser povoadas em busca de alternativas econômicas, como a criação de gado.


Foi por volta de 1780 que se começou a formar o arraial que deu origem a cidade de Passos. João Pimenta de Abreu, dono de muitas terras e da fazenda Cachoeira, certa vez se perdeu em um matagal; desesperado, fez uma promessa ao seu santo de devoção – Senhor dos Passos – se conseguisse achar o caminho de casa, “separaria de suas terras uma gleba a fim de constituir o patrimônio do Senhor Bom Jesus dos Passos” (Dicionário Histórico Geográfico de Minas Gerais).


Mais tarde João Pimenta vendeu suas terras para Domingos de Souza Vieira e Joaquim Lopes da Silva, mas havia uma cláusula a ser cumprida pelos novos proprietários, ou seja, a parte reservada ao Senhor dos Passos deveria ser mantida. Não houve como impedir os posseiros que já formavam um pequeno povoado chamado Capoeira. “Foi então solicitada a interferência de João Pimenta de Abreu. Este concordou, com a condição de ser cumprido o compromisso assumido pelos dois compradores de suas terras: a doação do patrimônio ao Senhor Bom Jesus dos Passos. E a promessa foi, afinal, cumprida, tendo os senhores Domingos de Souza Vieira e Joaquim Lopes da Silva feito a doação do terreno, lavrando-se a escritura (Dicionário Histórico Geográfico de Minas Gerais).


Os habitantes do local decidiram erguer uma igreja em homenagem ao Bom Jesus dos Passos com o auxílio de fartas contribuições dos fazendeiros. O arraial ganhou o nome de “Vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos”. Em 20 de março de 1836, com muito júbilo, o templo foi inaugurado.


Em 3 de abril de 1840, pela Lei nº 184, a igreja foi elevada à categoria de paróquia. No dia 7 de setembro de 1850, foi feita a solene cerimônia de elevação à vila e, em 14 de maio de 1858, foi elevada à cidade com o nome de Passos.


O livro Tratado de geographia descriptiva especial da Província de Minas-Geraes, de 1878, de José Joaquim da Silva, traz a seguinte descrição de Passos. “A cidade de Passos está situada em uma vasta campina de pouca elevação, à distancia de uma legua é rodeada de ricos mattos, que contem grande quantidade de madeiras de lei; é banhada pelo rio Grande.


A cidade conta perto de 700 casas habitadas, algumas delas de muito boa construção. É cortada por 33 ruas não calçadas, e 6 largos, que são o da Matriz, e o do Rosário, onde está a Cadêa, e outros.


Alem da Matriz, que é pequena, e mal construída e também mal collocada, tem mais as igrejas do Rosário, Santo Antonio, S. Miguel e a da Penha,


A população do município de Passos orça por 21 mil almas, sendo que a da cidade e sua freguezia é de 4,561 almas... e seu collegio eleitoral consta de 44 eleitores.


O povo do município e da cidade é pacifico, morigerado, religioso, hospitaleiro e dedicado às lettras. A musica é alli apreciada e uma boa orchestra bem importante presta-se para as necessidades do lugar. Ha na cidade um theatro bem decorado.


Além das aulas publicas de primeiras lettras para ambos os sexos, há alli uma aula publica de latim e francez.


Possue um bom Hospital fundado pelo finado fazendeiro Jeronimo Pereira de Mello e Souza, onde é tratada a pobreza desvalida.


A cultura do município vai prosperando, e a criação também. Seu commercio é bastante animado e importante. Exporta annualmente para mais de 30 mil cabeças de gado, mais de 8 mil porcos gordos, mais de 2 mil carneiros e para mais de 8 mil varas de panno de algodão; importa fazendas, molhados, louça e ferragens no valor de mais de 200 contos por ano.


O numero dos escravos do município matriculados na collectoria foi de 4,065 e o fundo de emancipação distribuído para este município foi de 8:095$625.”


Passos valoriza muito as atividades culturais; durante o ano, acontecem vários eventos, manifestações folclóricas como apresentação de Guardas de Congo, Moçambique, Pastorinhas e festas juninas. O mais tradicional evento religioso é a Paixão de Cristo ao vivo. Exposições culturais, festas, peças teatrais e exposições agropecuárias completam o calendário de eventos da cidade. Os mais famosos são: Pró-Moda, quando as confecções fazem a grande liquidação, em fevereiro/março e julho/agosto; a Expass – feira de pecuária – e a Feira de Agronegócios, na última semana de agosto.


O Lago de Furnas é uma das atrações turísticas de Passos, como também o Porto do Glória, com balsa para travessia do rio Grande, para pessoas e veículos; o Santuário N. Sª da Penha, e a Igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Passos. “O visitante tem a opção do turismo de compras. A cidade possui um vasto parque confeccionista com 100 fábricas que se concentram na avenida Com. Francisco Avelino Maia, conhecida também como avenida da Moda. A indústria mobiliária (móveis rústicos e finos) vem se destacando e ganhando expressão nacional pela sua qualidade de acabamento, design diferenciado e durabilidade. Comércio forte, infra-estrutura de serviços institucionais e privados, aliados com a tradicional hospitalidade mineira fazem do turismo de compras em Passos realmente um diferencial para quem visita a cidade” (Prefeitura de Passos).

 

Enviar link

Região Turística
Sul de Minas
  • Prefeitura
  • praça Geraldo da Silva Maia, 175
    35 3522-6665
    35 3522-6347


    Site Oficial


    Prefeito

    Ataíde Vilela
    Vice-prefeito
    Ademir José da Silva