Destinos

Monte Verde - Distrito de Camanducaia

Apresentação

  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Camanducaia - Capela Hotel Itapuã - Monte Verde - Henry Yu
  • Camanducaia - Distrito de Monte Verde - Henry Yu
  • Camanducaia - Canteiro de flores e arranjos em Monte Verde - Henry Yu
  • Camanducaia - Restaurante típico de Monte Verde - Henry Yu
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Passeio a Cavalo - Henry Yu
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Paisagem natural - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Restaurante típico de Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Flor típica da região - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Restaurante típico de Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Artesanato - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Vegetação típica de Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Paisagem natural - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Vegetação típica de Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde  - Distrito de Camanducaia - Monte Verde - Júnio Antônio Caetano
  • Monte Verde - Esquilo - Silvana Carvalho Andrade

Monte Verde está situada  a uma altitude de 1.600 metros e é distrito do município de Camanducaia (fem tupi, campo queimado, campo  em queimada ou ainda queimada para caçar) que foi elevada a município  em 1868, com o nome de Jaguari, e, em 1925, passou a se chamar Camanducaia.


Bem ao sul de Minas, no alto da Serra da Mantiqueira, está a bela estância climática chamada Monte Verde. Cercada de pinheiros, eucaliptos e partes de mata atlântica, o clima seco e frio faz dessa típica vila de montanha, com arquitetura européia, um lugar muito especial onde a  natureza é a grande atração.


Devido aos atrativos naturais, pensa-se que esse sugestivo nome – Monte Verde é devido à pródiga natureza, mas o que aconteceu foi  uma  interessante coincidência - ou  foi uma obra do destino?


Vamos a história de como surgiu Monte Verde. Os letões Ernesto e Verner Grimberg residiam em uma colônia de letões chamada Varpa, próxima a Paraguaçu Paulista. Na década de 50, adquiriram em Minas Gerais a fazenda do Pico Selado situada  em uma região conhecida como Campos do Jaguari. A beleza do alto da Serra da Mantiqueira havia encantado a família letã, por ser muito parecida com a terra natal. Assim, Verner Grimberg, sua esposa, Emília, o pai e o tio se tornaram os pioneiros do local.


A experiência da família atraiu outros europeus que, incentivados por Verner Grimberg, ganharam terrenos para construções de suas casas. Em 1952,  a fazenda foi loteada. Os primeiros interessados na aquisição de lotes foram imigrantes europeus pela identificação com a paisagem e o clima do local. Assim, surgiu um vilarejo tipicamente europeu. No nome do vilarejo está a tradução do sobrenome da família pioneira do local – Grin, verde, Berg, monte – Monte Verde. O nome era perfeito, pois  adequava perfeitamente à paisagem local.


No início da década de 60, foi instalada a primeira pousada. Era o início da  transformação de uma pacata vila em local turístico. No fim da década de 70, a fama de Monte Verde já estava consolidada como um dos pontos turísticos mais famosos e importantes do Estado.


Monte Verde possui uma ampla infra-estrutura turística, com uma excelente rede hoteleira e variado comércio, onde se encontram artesanato, malharia e lã, cerâmica, ferro batido, artigos esotéricos, perfumaria, chocolates e outros interessantes produtos. Os restaurantes e casas de chá fazem de Monte Verde um paraíso gastronômico. Especialidades européias como fondues, raclettes, apfelstrudels e trutas estão presentes em quase todos os cardápios, inclusive, uma das opções de passeio é a visita a uma criação de trutas. Mas, Monte Verde também é mineira e, por isso, não faltam os restaurantes com nossa saborosa culinária.


As atividades ao ar livre, como caminhadas pelas aprazíveis trilhas, passeios a cavalo, de bicicleta, montanhismo, acquaraid, ou mesmo a contemplação da natureza, são algumas das opções de lazer.  Paz, harmonia e equilíbrio são alguns dos benefícios que uma visita a Monte Verde pode proporcionar.

Enviar link

Região Turística
Sul de Minas
  • Prefeitura
  • Subprefeitura de Monte Verde
    rua dos Eucaliptos, 311
    35 3438-1158


    Prefeito
    Edmar Cassalho Moreira Dias
    Vice-prefeito
    Rodrigo Alves de Oliveira

  • Cidades próximas:
  • Camanducaia
  • Pouso Alegre