Destinos

Brumadinho

Apresentação

  • Brumadinho - Museu - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Parque Estadual do Serra do Rola-Moça  - Henry Yu
  • Brumadinho - Região do Retiro das Pedras - Filipe Guidini
  • Brumadinho - Centro de Brumadinho - Daniel Souza
  • Brumadinho - Vista Panorâmica da cidade - Daniel Souza
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Daniel Souza
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Daniel Souza
  • Brumadinho - Estação Ferroviária de Brumadinho - Daniel Souza
  • Brumadinho - Estação Ferroviária de Brumadinho - Daniel Souza
  • Brumadinho - Casa de Cultura Carmita Passos - Daniel Souza
  • Brumadinho - Igreja de São Cristovão - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja de Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira das Pedreiras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Plantação - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Comunidade de Sapé - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Alcebides - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Alcebides - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Alcebides - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Alcebides - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Nossa Senhora do Belo Ramo - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Distrito de Aranha - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Distrito de Aranha - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Distrito de Aranha - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Distrito de Aranha - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Piedade - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Piedade - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Piedade - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Piedade - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego de Areias - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego de Areias - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego de Areias - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego do Feijão - Maurício de Paula
  • Córrego do Feijão - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego do Feijão - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Córrego do Feijão - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Jesus Maria José - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Jesus Maria José - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Jesus Maria José - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja Jesus Maria José - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Igreja São Sebastião - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Usina - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira de Águas Claras - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira dos Marques - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira Santa Cruz - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Cachoeira da Ostra - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Maurício de Paula
  • Brumadinho - Mosaico da Via das Dores - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Via das Sete Dores - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Matriz Nossa Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Matriz  N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Capela N. Senhora do Rosário - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Matriz N. Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Nossa Senhora da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Retábulo-mor Matriz N. Sra. da Piedade - Vinícius Horta
  • Brumadinho - Museu - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Museu - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Monumento - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Ônibus lotado - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Orquídea - Danielli Vargas
  • Brumadinho - Vista Inhotim - Danielli Vargas

O município de Brumadinho está dividido em cinco distritos: Sede, Conceição de Itaguá (onde está hoje o antigo povoado de Brumado do Paraopeba, conhecido como Brumado Velho), São José do Paraopeba, Piedade do Paraopeba (desmembrado do município de Nova Lima) e Aranha.


Sua história remonta à época das entradas e bandeiras, tendo sido parte das rotas para a exploração e ocupação de Minas Gerais. Os vales dos rios Pará, Paraopeba e das Velhas, bem como as serras da Mantiqueira e do Espinhaço formavam, para os bandeirantes paulistas, o "sertão das conquistas".


Os fatos que permeiam a história do município dividem-se em duas fases distintas. A primeira (final do século 17 e início do século 18) é marcada pela ocupação do Vale do Paraopeba pelas bandeiras e entradas. Foi nessa fase que surgiram os povoados de São José do Paraopeba, Piedade do Paraopeba, Aranha e Brumado do Paraopeba, em decorrência da passagem dos bandeirantes, sobretudo Matias Cardoso e Fernão Dias Pais. A segunda fase (início do século 20) se refere ao nascimento da atual cidade de Brumadinho. Ali surge um povoado em decorrência da construção de uma estação do Ramal do Paraopeba da Estrada de Ferro Central do Brasil, devido aos grandes depósitos de minério de ferro existentes no Vale do Rio Paraopeba. A Estação de Brumadinho foi inaugurada em 20 de junho de 1917.


Os bandeirantes não encontraram na região de Brumadinho a tão sonhada Serra de Esmeraldas, mas, em compensação, seus descentes ficaram situados dentro de uma das regiões minerais mais ricas do mundo, hoje conhecida como Quadrilátero Ferrífero.


Antes de existir qualquer povoado no lugar onde hoje está a cidade de Brumadinho, as terras faziam parte do Distrito de Brumado do Paraopeba, pertencente, então, ao Município de Bonfim. Em 18 de setembro de 1914, através da Lei Estadual nº 622, esse distrito recebe o nome de Conceição de Itaguá.


Em 7 de setembro de 1923, através da Lei Estadual nº 843, a sede do distrito de Brumado do Paraopeba é transferida para o recém formado povoado da Estação de Brumadinho. Assim, Conceição de Itaguá deixa de existir como distrito. Mesmo com essas mudanças, o novo distrito de Brumadinho continuava pertencendo ao Município de Bonfim.


Em decorrência da Lei Federal nº 311, de 2 de março de 1938 - que reorganizou o quadro territorial da República -, o Governo de Minas Gerais baixou o Decreto-Lei nº 148, de 17 de dezembro de 1938, criando o Município de Brumadinho. Portanto, é nesta data que se comemora o aniversário da cidade. Em 1º de janeiro de 1939, na sede das Escolas Reunidas, houve uma Assembléia de moradores, com as autoridades nomeadas, e instalou-se o Município, que recebeu os foros de cidade.


Este mesmo decreto anexa ao novo Município de Brumadinho, já desligado de Bonfim, os distritos de Aranha e São José do Paraopeba, então pertencentes ao Município de Itabirito, e Piedade do Paraopeba, desmembrado do Município de Nova Lima.


Em 1953, Conceição de Itaguá volta a existir como distrito, pertencendo a Brumadinho, através da Lei Estadual nº1039, de 12 de dezembro. Completava-se, assim, o atual quadro territorial: o Distrito Sede e seus quatros distritos de Aranha, Conceição de Itaguá, Piedade do Paraopeba e São José do Paraopeba.


Em 25 de maio de 1955, Brumadinho é elevado à categoria de Comarca Judiciária.


O nome do município é devido ao antigo povoado de Brumado Velho. Conforme a história, os bandeirantes colocaram este nome na localidade devido às brumas que se formavam na região, e que até hoje se formam no período da manhã.

Enviar link

Região Turística
Central
  • Prefeitura
  • rua Aristides Passos, 168 - Centro
    CEP  35460-000
    31  3571-1613


    Prefeito
    Antônio Brandão
    Vice-prefeito
    Breno de Castro Alves Carone

  • Cidades próximas:
  • Belo Horizonte
  • Belo vale
  • Bonfim
  • Crucilândia
  • Ibirité
  • Igarapé
  • Itabirito
  • Itatiaiuçu
  • Mário Campos
  • Moeda
  • Nova Lima
  • Piedade dos Gerais
  • Rio Manso
  • São Joaquim de Bicas
  • Sarzedo