Minas Gerais

História

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

Carta Denúncia (1789)

Autos de Devassa da Inconfidencia Mineira – Vol. 1 – 1936


“Carta Denuncia


Escrita na Caxoeira e entregue pessoalmente no dia dezenove de Abril


Illmº e Exmº Senhor Visconde de Barbacena.


Meu Snr.’ Pela forçoza Obrigação que tenho de ser lial Vaçalo a noça AVgusta SoBrana ainda ápazer de se me tirar a Vida como logo se me protestou, na oCazião em q.’ fuy comVidado p.ª SoBleuação que se emtenta e prontamt.e paçey a por na presença de V.ex.ea O segty.e


Em O mês de Fer.o deste prezente anno. Vindo da Reuista do meu Regiment.o emContrey no ARayal da lage. O S. M. Luis Vas de tuledo, e falandome em que se botauaõ abaxo os Nouos Regimt.o porq.’ Em Nome da D.a Snr.a se me hauia dado. Huma Patente. De Coronel Xefe do meu Regimt.o com o coal. me tinha desValado em o Regular e fardar. Met.a parte á minha custta, e que naõ podia leuar á paciência Ver Reduzido á huã Inação todo O fruto do meu disVelo, sem q.’ eu tiueçe faltas do Rial Çeruiço e Iuntando mais algumas palauras em dezafogo da m.a payxaõ.


Foy D.s seruido que isto aconteçeçe p.a se conhecer a falçid.e se conhecer a falçid.e que se folmina, - no mesmo dia Viemos a dormir a Caza do Cap.m Joxe de Rezende e chamandome a hum canto particular. di Noute o d.o S. M. Luis Vas pençando que O meu animo estaua disposto. P.a segir a Noua Conjuração pelos Çentim.tos das queixas que me tinha OVido paçou o d.o S. M. a partiçiparme. debaxo de todo o segredo. O seg.te que o Dezembargador. Thomas Ant.o Gonzaga primr.o cabeça da conjuração. hauia acabado O lugar de OVidor desa Comarca.


e que soposto se achaua a mt.os Mezes. neça Villa, sem se recolher a O seu lugar da Baya com o friuulo pretesto,. de hum cazamt.o que tudo he Ideya, porque Ia se axaua fabricando Leys. p.a. o Nouo Regimey. da soBleuação e que se tinha disposto da forma segt.e


Procorou o d.o Gonzaua o partido e Vniaõ do Coronel Ignacio Ioze de Aluarenga e o P. Joze da S.a De Oliur.a e Otros mais todos filhos. daMerica Valendoçe p.a Reduzir e Otros. Do Alf.a Pago. Ioaq.m Ioze da S.a  Xauier e q. o d.o Gonzaga hauia disposto na forma segt.e


Que o d.o Coronel Aluarenga hauia mandar 200. homeis Pes. Rapados da Companha parage aonde mora o d.o Coronel e otros. 200. o d.o P. Ioze da Silua e que hauia acompanhar, a estes Vários sugeitos q.’ Ia paçaõ de 60. dos prençipais destas Minas, e q.’ estes pes Rapados hauiaõ Vir armados de Espingaradas e facois. E que não hauiaõ Vir Iuntos por não cauzar desconfiança e q.’ estiueçem disperços porem perto de V.a R.a e prontos a primir.a Vos e q.’ a senha p.a O asalto q.’ hauia ser Cartas dizendo tal dia he o Baptiszado e que podiaõ hir siguros porq.’ O Comd.e da tropa paga O T.e Coronel Fran.co  de Paula estaua pela parte do leuante e mais alguns OFeçiais, ainda q.’ O mesmo S.M. me diçe q.’ o d.o Gonzaga. e seus parçeais. estauaõ. Disgostozos pela froxidaõ. q.’ emcontrauam no d.o comd.o q.’ por eça cauza se não tinha comcluido o d.o leuante.


Que a primr.a cabeça q.’ se hauia cortar. hera a de V.Ex.ea e depois pegandolhe pelos cabelos se hauia fazer huã fala a O Pouo cuja Ia estaua escrita pelo d.o Gonzaga e p.a suçegar o d.o pouo se hauiaõ leuantar os tributos. e que logo se paçaria a cortar a cabeça a O OVidro, desa Villa Pedro Joze de Ar.o e a O Iscriuaõ da Iunta Carllos Ioze e q’ Ia naquella Comarca tinha Vnido a O seu partido hum grande çequito e que sedo hauia partir p.a a Capital do R.o de Janr.o a dispor alguns. sugeitos. pois o seu Intento hera, também cortarem a cabeça a O S.r Vize Rey e q’ Ia na d.a Cid.e tinhaõ bastantes parçiais.


Meu Snr.’ Eu encontrey, o d.o Alf.es de Dias de M.eo em marxa p.a aquela Ci.e e pelas palauras q.’ me diçe me fes certo O seu Intento. e do animo que leuaua, constante por alguns. da parcialid.s q.’ o d.o Alf.es se axa, trabalhando este particular e que a demora desta comIuruaçaõ hera emqt.o se naõ pobolicaua a deRama, porem q.’ qd.o tardaçe q’ sempre se faria. Ponho todos estes tão emportantes. particulares na prezença de V.Ex.ea pela Obrigação que tenho de fedelidade, não por.’ O meu Intento, nem Vontade sejaõ. de Ver. a Ruina de peçca Alguã. O que espero em D.s q.’ com o bom discurso de V.Ex.ea hade acautelar tudo e dar as prouidençiais. sem perdição dos Vaçalos. O premio q’ peço tão somt.e a v.Ex.ea he o Rogar-lhe q’ pelo Amor de D.s se não perca a Nimguem.


Meu Snr.’ Mais Alguas couzas tenho colhido. e Vou continuando na mesma deligençica. o q.’ tudo farey Ver a V.Ex.ea quando me detreminar. O Céo aIude e Ampare a V. Ex.ea p.a o bom Exzito de tudo.


Beja os pés a V.Ex.ea


O mais Vmilde cubdito


Ioaq.m Silvério dos Reys


Coronel de Caualaria dos Campos Jerais


Borda do Campo. 11 de Abril de 1789.


Reconheço a letra, e firma da Carta retroser do próprio punho do Coronel Joaquim Sylverio dos Reys por outras semelhantes, que lhe tenho visto. Villa Rica 15 de Junho de 1789.


Jozé Caetano Cezar Manitti

Enviar link