Minas Gerais

O Estado

Senac
  • Logo Senac Minas
  • Hotel Grogotó
  •  

Dia de Minas Gerais - 16 de julho

© Divanildo Marques Mariana - Casario Colonial - Divanildo Marques Casario Colonial

O dia "Dia de Minas Gerais" foi instituido em 1979 pela lei nº 561.


Por que 16 de julho, dia de Nossa Senhora do Carmo, foi escolhido para comemorar o dia de Minas Gerais?


A bandeira chefiada pelo Coronel Salvador Fernandes Furtado de Mendonça chegou à região onde hoje está a cidade de Mariana no dia 16 de julho de 1696. Para se instalarem o grupo escolheu as margens de um ribeirão, que recebeu o nome de ribeirão do Carmo, justamente por ser aquele o dia dedicado a Nossa Senhora do Carmo. O ribeirão se revelou pródigo em ouro e ali se iniciaram os trabalhos de mineração.


Mariana hoje é chamada de "berço da civilização mineira", foi a 1ª capital (1709), a 1º vila (1711), a 1ª sede de bispado (1745) e a 1ª cidade de Minas Gerais (1745). Devido ao pionerismo de Mariana, o dia 16 de julho, marco do seu povoamento, foi escolhido para ser o dia de Minas Gerais.


A cidade é guardiã de uma importante parte do patrimônio cultural e histórico de Minas Gerais. Nada melhor do que andar por suas ruas para descobrir o discreto charme desta cidade setecentista através de seus casarões, cada um mais bonito que o outro. A casa do Barão do Pontal, por exemplo, encanta a todo visitante com suas belas sacadas em pedra sabão. A Catedral da Sé e a Igreja de São Francisco de Assis guardam primorosos trabalhos da arte colonial mineira.

 

 

Enviar link

© Sérgio Freitas Mariana - Casa da Câmara - Sérgio Freitas Casa da Câmara
© Sérgio Freitas Mariana - Igreja de São Francisco de Assis - Sérgio Freitas Igreja de São Francisco de Assis
© Diego Gazola Mariana - Órgão da Catedral da Sé - Diego Gazola Órgão da Catedral da Sé
© Maria Lucia Dornas Mariana - Casa do Barão de Pontal - Maria Lucia Dornas Casa do Barão de Pontal
© Maria Lucia Dornas Mariana - Detalhe do chafariz - Maria Lucia Dornas Detalhe do chafariz