Cultura

Manifestações Culturais Tradicionais

Senac
  • Logo Senac Minas
  •  
  • Hotel Grogotó

14. Conclusão

É preciso lembrar que o tom dominante de qualquer trabalho deve ser o presente, seja pela ação, se1ja pela função. Tudo o que o aluno descrever deverá estar acontecendo ou ser usual na época em que o trabalho foi realizado.

 

As coisas e os fatos passados interessam como elementos de ligação e reconstrução dos caminhos percorridos pelo tema passado - de onde e como veio - ao presente, como está e como se vive hoje. O fato folclórico não é o ocorrido, mas sempre o que está ocorrendo.


Voltamos a insistir que se dê especial atenção aos trabalhos sobre Folclore a partir de temas que possam envolver os trabalhos sobre Folclore a partir de temas que possam envolver os alunos, suas famílias e a comunidade onde vivem e funciona a escola, pois só assim, praticando, poderemos desmitificar o conceito de Folclore como algo estranho e distante do universo da escola (educadores, educandos e comunidade). Mesmo nas ocasiões em que haja interesse específico por um folguedo, uma dança ou uma festa, é importante estudá-la e verificá-la a partir da perspectiva do ambiente familiar e comunitário dos alunos.

 

-------------------------------------------------------------


Sugestões  bibliográficas


ALMEIDA, Renato. Manual de Coleta Folclórica; Campanha de Defesa do Folclore Brasileiro, Rio de Janeiro, 1968.

 

ALMEIDA, Renato. A Inteligência do Folclore. Cia. Editora Americana - MEC, 2ª edição, Rio de janeiro, 1974.

 

ALMEIDA, Renato. Vivência e Projeção do Folclore. Livraria Agir Editora - INL, Rio de Janeiro, 1971.

 

ARAÚJO, Alceu Maynard. Folclore Nacional, 3 vol. Edições Melhoramentos, São Paulo, 1967.

 

CARNEIRO, Edison. Dinâmica do Folclore Brasileiro. Editora Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 1965.


CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do Folclore Brasileiro, 2 vol. Instituto Nacional do Livro/INL - MEC, 1972.

 

LIMA, Rossini Tavares de. Folclore do dia-a dia em relatório de estudantes. Revista Brasileira de Folclore 27:113-17, Rio de Janeiro, 1970


MARTINS, Saul. Folclore: Teoria e Método. Imprensa Oficial de MG, Belo Horizonte, 1986.

 

MORAES, Wilson Rodrigues de. Folclore Básico. Cadernos Didáticos de Folclore, nº 1, Editora Esporte e Educação, São Paulo, 1974

 


 

Enviar link