Cultura

Entrevistas

Senac
  • Logo Senac Minas
  •  
  • Hotel Grogotó

Tereza Santos - Agosto 2013

  • Belo Horizonte - Estilista Tereza Santos - Arquivo Pessoal

Natural de Carmo do Rio Claro, Tereza Santos é estilista, fundou a marca Patachou e hoje comanda o TS Studio, grupo especializado em identidade institucional. Conheça essa mineira que também representa Minas no mundo da moda!


"A hospitalidade é uma característica muito atraente para fazer negócios em Minas".


Por Roberta Almeida

Descubraminas - Quando adolescente, você imaginava que o mundo da moda faria parte da sua vida? Qual é sua concepção de moda hoje?

Tereza Santos - Minha trajetória e minha vida profissional sempre foram construídas com base na moda. Desde o começo, tinha como foco os novos desafios, sempre nos campos da moda e gestão. Hoje, sou diretora criativa do TS Studio, uma empresa completa que abrange todas as etapas do processo da moda corporativa. É uma ideia que, com o tempo, foi ganhando forma e se transformando numa nova fase de pensar e fazer moda.


DM
- A arte sempre esteve ligada às suas coleções, seja em um produto institucional ou na peça que ganha as ruas, qual o papel da arte em sua vida e trabalho?

TS
- O mundo das artes sempre foi o alicerce e acredito que é quase impossível a criação sem o conhecimento desse contexto histórico.


DM - Em 1978, você lançou a marca Patachou, inovando e reinventando os caminhos da moda em Minas Gerais. Como foi assumir os riscos deste negócio em uma sociedade tão conservadora como a mineira?

TS
-
A decisão foi para uma estratégia de vida, acreditei na importância desse sonho e fui em frente. Os mineiros são conservadores, mas boas ideias transitam em nossa sociedade com sucesso. Aliás, todos nós precisamos de mudanças e um futuro novo.


DM - Como empresária, você é versátil, elegante e simples ao mesmo tempo, sempre lançando tendências e acompanhando as necessidades da mulher contemporânea. Acredita que a cultura mineira influencia ou já influenciou seus trabalhos?

TS -
Sim, totalmente. Como não se inspirar com as bordadeiras de Minas, por exemplo?


DM - Após deixar a Patachou, você se lançou em um novo desafio: liderar o TS Studio, grupo que assessora empresas no aprimoramento ou renovação da identidade institucional. Sabemos que você preza pela qualidade dos serviços prestados e pela satisfação dos clientes, de onde vem esta visão da construção de um determinado trabalho?

TS
- Minha personalidade acaba influenciando muito o negócio, sou uma aspirante do perfeito e uma obcecada pelo bom trabalho. Tento sempre conhecer meus clientes a fundo e fazer o melhor para cada um deles.


DM - Em 2012, você ficou responsável pela curadoria do salão de negócios do Minas Trend Preview, o mais completo evento de moda comercial do País. Acredita que Belo Horizonte já está inserida na agenda dos turistas de negócios?
TS
- Sim, por uma série de razões e, conhecendo o mercado, os empresários da moda confiam nas marcas mineiras. A hospitalidade é uma característica muito atraente para fazer negócios em Minas.


DM - Com tantos anos de dedicação ao mundo fashion, qual recado você deixaria para os novos talentos da moda, que vem comprovando a riqueza da criação em Minas?

TS
- Estamos vivendo um momento de muitas mudanças na sociedade, e de forma rápida. O grande desafio é aceitar o ritmo do progresso ou se adequar a ele. É necessário equilibrar dois pontos fundamentais: criatividade e eficiência.



Papo de Mineiro

DM - Quem é ou foi verdadeiramente mineiro?
TS -
Tancredo Neves.

DM - Aquela música que tem a alma de Minas?
TS -
Todas de Milton Nascimento.

DM - Adoro um bom prato de...
TS -
Risoto.

DM - Para quem visita Minas, o que você diz ser imperdível?
TS -
Visitar Inhotim.

DM - Em uma viagem, o que você sempre leva na bagagem para presentear?
TS -
Livros.

DM - Qual cantor melhor representa Minas?
TS
- Milton Nascimento.

DM - A paisagem que te inspira...
TS
- Dias de sol.

DM - Atlético, Cruzeiro ou América?
TS
- GALO!

DM - Fim de semana na cidade grande ou na roça?
TS
- No Morro do Chapéu.

DM - Quando estou fora morro de saudades...
TS
- Da minha família.

DM - O que nunca sai da moda em Minas?
TS
- Hospitalidade e a moda festa.

DM - Minas Gerais é...
TS
- Tudo de bom!

Enviar link

Outras entrevistas